Queima queima Descontão! Ofertas com até 82% Off

Tudo para sua Clínica em até 48x whatsapp
Compre pelo WhatsApp ou Ligue:0800 940 7149

Visite nosso Blog | Saiba como alavancar sua carreira de esteticista

Blog Home / Destaque / Lipo sem corte: saiba tudo sobre a lipocavitação | Tudo Belo

Lipo sem corte: saiba tudo sobre a lipocavitação | Tudo Belo

lipo sem cortes ou lipocativacão

Existem diversos tratamentos para diminuir as medidas e remover as gorduras localizadas, porém além dos grandes processos cirúrgicos existe também a lipo sem corte. Ela realiza um procedimento com um aparelho de ultrassom, que ajuda na modelagem do corpo.

A lipocavitação, mais conhecida como lipo sem cortes, atua na redução de gordura localizada. Esse processo está chamando a atenção de muita gente, e atualmente, esse tratamento está entre os principais no mundo estético. Com diversas inovações e investimentos tecnológicos, os equipamentos necessários são profissionais e desempenham resultados excelentes.

Muitas clínicas investem na especialização desse procedimento tão buscado e, por isso, a Tudo Belo Estética preparou esse conteúdo para tirar suas dúvidas sobre a lipocavitação, como é feita, indicações, contraindicações, onde pode ser realizada, número de sessões, cuidados necessários e mais.

O que é a lipo sem cortes, ou lipocavitação?

A lipocavitação ou lipo sem cortes, é um tratamento que destrói as células de gordura localizada, modela o corpo, podendo ser considerado um procedimento menos invasivo. É realizado em clínicas especializadas, e o profissional que faz precisa ser habilitado, seja ele esteticista, fisioterapeuta, biomédico ou de qualquer outra especialidade na área da estética.

Como funciona a lipocavitação

A lipo sem corte acontece por meio de sessões, em que durante o procedimento, a gordura é eliminada gradativamente. É necessário passar por uma média de 4 a 8 sessões para os resultados serem mais visíveis. O profissional que irá realizar o atendimento direcionará da melhor forma para cada paciente.

Para realizar a lipocavitação, alguns tipos de ultrassom específicos são utilizados, e eles são os responsáveis por destruir a gordura. Através de uma onda sonora não audível, as gorduras sofrem tremores potentes o suficiente para se romperem e serem liberadas, geralmente entre 40 e 80 quilohertz. Esse processo ajuda a modelar o corpo com substâncias formadas no rompimento da membrana.

As substâncias formadas depois da quebra das gorduras são compostas por ácidos graxos livres e glicerol, os quais são transformados em energia e água, respectivamente. A cavitação, ou seja, o tremor que a máquina realiza nas células de gordura precisa de regulagens ideais, por isso a necessidade de um profissional certificado.

Em quais regiões a lipocavitação pode ser feita?

A lipo sem corte é realizada nas regiões do corpo onde se localizam uma camada maior de gordura, como o abdome, braço, coxa, culote, entre outras partes que podem ser analisadas pelo profissional, conforme cada caso. Além disso, a lipocavitação também elimina celulites.

Os resultados costumam aparecer logo no primeiro tratamento, conforme vai passando cada sessão, você vai percebendo ainda mais diferença, por isso é interessante registrar cada um dos procedimentos realizados, assim é possível entender as mudanças ainda mais de perto.

O registro que pode contar com fotografias e medidas, o que também motiva a ter uma prática de cuidados que ajudem a manter os resultados obtidos. Além disso, esse tipo de anotação permite uma comunicação mais direta entre paciente e especialista, visto que esse diálogo sobre o que está acontecendo é fundamental para um tratamento transparente e de qualidade.

Quais são as indicações e contraindicações do procedimento?

A lipocavitação é indicada às pessoas que possuem um IMC abaixo de 23, pois o número de sessões seria assertivo, enquanto isso, pessoas que apresentam um IMC maior que 23, precisariam de muitas sessões para conseguir poucos resultados.

A lipocavitação ajuda a quem busca emagrecer, porém, em alguns casos, será necessário fazer associações terapêuticas, reeducação alimentar e avaliar precisamente cada caso.

Apesar de ser um procedimento mais seguro do que uma cirurgia, diabéticos, gestantes, obesos, hipertensos e pessoas que possuem alguma inflamação na região em que será realizada a lipocavitação não podem passar pelo tratamento. Vale a pena consultar o médico para entender melhor essas restrições.

A lipocavitação dói?

A lipo sem corte não precisa de recuperação e nem anestesia. Como ela remove apenas a gordura não espessa, não se compara com a lipoaspiração.

A lipo sem corte não precisa de procedimentos pré nem mesmo pós operatórios, pois não acontece nenhuma intervenção cirúrgica, apenas um aparelho que por ondas sonoras, promove a quebra das tão temidas células de gordura localizada, dando nova forma ao corpo.

Quantas sessões devem ser aplicadas?

Como dissemos acima, normalmente, um paciente precisa de, no máximo, oito sessões. Mas esse número pode sofrer variação, dependendo do caso e de como o especialista estiver realizando o procedimento. Por isso, siga as orientações e acompanhe as mudanças em cada uma delas.

Quais cuidados tomar antes de começar a realizar os procedimentos de lipocavitação?

Para não ter a gordura reabsorvida pelo organismo, é necessário que sejam realizados exercícios aeróbios durante e depois do tratamento. A drenagem linfática também é indicada, pois faz com que a retenção de líquidos seja mobilizada para os canais linfáticos, diminuindo, consequentemente, “medidas”.

A recomendação é que esses dois processos, o exercício e a drenagem sejam feitos até 48h depois de cada sessão. Para finalizar, basta manter uma dieta balanceada, e a lipo sem cortes ajudará a exibir ainda mais o corpo depois de modelar com eficiência.

Agora que você conheceu um pouco mais sobre a lipocavitação, não deixe de conferir nossos outros conteúdos, e fique por dentro de tudo. Até a próxima!