Queima queima Descontão! Ofertas com até 82% Off

Tudo para sua Clínica em até 48x whatsapp
Compre pelo WhatsApp ou Ligue:0800 940 7149

Visite nosso Blog | Saiba como alavancar sua carreira de esteticista

Blog Home / Procedimentos / Tratamento para olheiras: 6 opções para você conhecer!

Tratamento para olheiras: 6 opções para você conhecer!

foto aproximada da metade do rosto de uma mulher olhando para a câmera

As olheiras (aspecto fundo e escurecido sob as pálpebras) são comuns e podem vir acompanhadas de bolsas indesejadas que fazem qualquer um parecer sempre cansado. E quando pensamos nas causas, existem alguns motivos para o surgimento de olheiras, nem sempre é por falta de sono.

Elas podem afetar qualquer pessoa, mas são mais comuns em adultos, pessoas com predisposição genética para essa condição (hiperpigmentação periorbital) e pessoas com tons de pele mais escuros, que são mais propensas a hiperpigmentação ao redor da área dos olhos.

Independente da causa, acompanhe nosso post e conheça 5 procedimentos capazes de reduzir significativamente as olheiras!

Fatores que fazem as olheiras aparecerem

Antes de entrarmos nos tratamentos para as olheiras, é necessário entender porque elas surgem. Cada qual terá um tratamento diferente. O cansaço físico e mental sempre são os motivos mais associados às olheiras, mas, na verdade, existem muitas razões para seu surgimento.

Na maioria dos casos, não há necessidade de preocupação e nenhuma atenção médica é necessária, contudo, elas podem incomodar, por isso, hoje, existem diversos tratamentos modernos para acabar com elas. Mas, antes, entenda suas causas:

– Fadiga

Dormir demais, fadiga extrema ou apenas ficar acordado de madrugada quando isso não é rotina podem causar olheiras. Por isso, elas são muito comuns para pessoas que, por algum motivo, passam pela privação do sono e ficam com a pele mais opaca e pálida.

Os tecidos escuros e os vasos sanguíneos podem começar a aparecer sob a pele nessa região. A falta de sono também pode fazer com que o fluido se acumule embaixo dos olhos, inchando-os.

– Avanço da idade

O envelhecimento natural é outro motivo comum para o surgimento de olheiras. Conforme envelhecemos, nossa pele fica mais fina, além de existir uma diminuição da gordura e do colágeno que mantém a elasticidade da derme. À medida que isso ocorre, os vasos sanguíneos escuros sob a pele tornam-se mais visíveis, fazendo com que a área abaixo dos olhos escureça.

– Fadiga ocular

Olhar para a tela da televisão ou do computador pode causar tensão nos olhos, o que aumenta os vasos sanguíneos ao redor dos olhos. Como resultado, a pele pode ficar mais escurecida.

– Alergias

Reações alérgicas e secura ocular também podem desencadear olheiras. Quando você tem uma reação alérgica, histaminas são liberadas para o combate do invasor, o que acarreta em vários sintomas, como: coceira, olhos inchados e vermelhidão. As histaminas também são responsáveis pela dilatação dos vasos sanguíneos nessa região.

– Desidratação

A desidratação é uma causa comum de olheiras sob os olhos. Quando seu corpo não está bem hidratado, a pele começa a parecer baça e seus olhos parecem afundados. Isso se deve à proximidade dos olhos com o osso subjacente.

– Superexposição ao sol

A exposição ao sol pode fazer com que seu corpo produza excesso de melanina, o pigmento que dá cor à sua pele. Muito sol – principalmente para os olhos – pode fazer com que a pigmentação ao redor do olho escureça.

– Genética

O histórico familiar também contribui bastante para o desenvolvimento de olheiras, como doenças da tireoide. Pode ser um traço hereditário visto no início da infância. Com o tempo, as olheiras podem clarear ou escurecer.

– Anemia

Anemia é quando seus níveis de glóbulos vermelhos estão abaixo do normal. Se você tem anemia, também pode notar que sua pele está mais pálida do que o normal e pode ter olheiras sob os olhos. Converse com um médico sobre fazer exames de sangue para verificar seus níveis de ferro. Os tratamentos para anemia incluem:

  • Mudanças na dieta;
  • Suplementação com ferro;
  • Infusões de ferro, dependendo dos seus níveis.

Tipos de olheiras

Além das razões que levam ao surgimento das olheiras, tecnicamente falando existem tipos diferentes de olheiras. São eles:

Olheiras constitucionais

São aquelas de coloração acastanhada e mais profundas, mais comuns em pessoas com maior nível de melanina na pele. Elas são mais difíceis de serem removidas.

Olheiras melânicas

Esses tipos de olheiras são causadas pelo aumento de pigmento na pele, o excesso de exposição ao sol e o estímulo hormonal. Os tratamentos de clareamento costumam oferecer resultados bastante positivos.

Olheiras sanguíneas

As olheiras do tipo sanguíneas surgem devido ao acúmulo de sangue na região das pálpebras. Os tratamentos indicados são aqueles que favorecem a circulação para que esse sangue não fique ali acumulado.

Olheiras vasculares

Por último, as olheiras vasculares são aquelas que apresentam aspecto de cor azulada e as principais causas são: excesso de retenção de fluídos, estresse e cansaço. Novamente, os tratamentos que estimulam a circulação costumam funcionar muito bem para esses casos.

Conheça 6 tratamentos estéticos para olheiras

Agora que você já conhece as principais causas para as olheiras, está na hora de conferir os 6 melhores tratamentos estéticos para eliminá-las ou diminuí-las. Acompanhe:

1. Carboxiterapia

A carboxiterapia é uma técnica moderna dentro da área estética que precisa de um equipamento específico para realizar aplicações de CO2 medicinal diretamente na pele, sobre as olheiras, estimulando a circulação sanguínea e, consequentemente, a produção de colágeno e elastina, promovendo o rejuvenescimento da pele e o desaparecimento das olheiras.

2. Preenchimento com gordura ou plasma

Outro procedimento eficaz para o tratamento das olheiras é o preenchimento com gordura ou plasma também é muito buscado para tratar olheiras. No preenchimento com gordura, o interessante é que a própria gordura da própria pode ser usada no processo de eliminação das olheiras.

3. Preenchimento com ácido hialurônico

O ácido hialurônico é o queridinhos dos esteticistas, além do preenchimento labial e correção das rugas, o ácido também pode ser usado para o tratamento de olheiras, já que ele corrige a profundidade dando volume para a parte inferior dos olhos.

4. Laser

Os tratamentos para olheiras com equipamentos a laser podem trazer resultados incríveis por meio da contração da pele e da eliminação da flacidez. Além disso, o laser estimula o organismo a produzir colágeno e elastina, ajudando a diminuir as rugas (aquelas linhas de expressão mais conhecidas como pés de galinha).

5. Luz pulsada

Mais um tratamento para a redução e suavização das linhas de expressão. Para isso, é necessário utilizar um equipamento que emite os feixes de luz pulsada que são muito eficientes para diversos tratamentos estéticos, incluindo as olheiras. A luz pulsada reduz os vasos sanguíneos que deixam a região dos olhos mais escurecida.

6. Peeling com ácido

Por último, temos o peeling com ácido, que é utilizado para eliminar a camada externa e média da pele, estimulando a renovação celular, que reconstitui a derme de forma mais saudável e sem a presença da melanina que deixa as pálpebras mais escurecidas.

E aí, o que você achou desses 6 tratamentos para a redução de olheiras? Aproveite que você está aqui em nosso blog e leia mais sobre o procedimento da carboxiterapia e seus resultados!